LOTA DO PORTINHO DE CASTELO DE NEIVA, 2018-2020

O Núcleo Marítimo de Pedra Alta localiza-se na freguesia de Castelo de Neiva, a cerca de 12 km da cidade de Viana do Castelo. Lugar de enorme interesse ecológico e cultural, o litoral atlântico do município de Viana do Castelo, é profundamente marcado por um clima temperado e por uma exposição geográfica magnifica.

Este núcleo está inserido num vasto grupo de praias, que de uma maneira geral são procuradas pela sua beleza natural, pela variedade de atividades como piscatórias e desportos relacionados com a agua. Assim, no caso de Pedra Alta, a atividade piscatória tem uma enorme relevância quer do ponto de vista económico e de sustentabilidade da população residente, quer do ponto de vista cultural e turístico. 

Enquadrado nas ações desenvolvidas pela Sociedade Polis Litoral Norte, o Projeto de Reordenamento e Qualificação da Frente Marítima do Núcleo da Pedra Alta - Área de Intervenção da Docapesca, previu a execução de um novo edifício de Lota e Armazém. 

 

O edifício proposto desenvolve-se em dois corpos distintos, sendo que um terá função de Lota e todos os serviços necessários à sua laboração e, o outro corpo terá um espaço de armazém com apoios sanitários.
Desenvolve-se apenas num piso, com uma área de implantação total de aproximadamente 400m2.

Corpo da Lota
A entrada do pescado faz-se pelo lado norte, junto ao estacionamento de embarcações. A projeção da cobertura serve de abrigo a esta zona, criando uma área resguardada para ser feita a descarga e admissão do pescado. Os compradores têm acesso apenas à galeria de compradores. A saída do pescado é feita pelo lado nascente, por antecâmara própria que comunica diretamente com a zona de exposição/leilão. As áreas de apoio à lota (instalações sanitárias e balneários, sala de higienização e instalações técnicas), estão situadas no lado sul do corpo da lota, com entrada pelo corredor/pátio que separa os dois corpos.

O outro corpo
Este integra o espaço de armazém e todos os apoios sanitários.

Os dois corpos, com estrutura em betão armado e paredes em alvenaria de bloco de betão, são revestidos pelo exterior em reboco areado fino pintado de branco. Sobre o corredor que separa a lota do bar, a cobertura é rasgada, ficando um pátio de acesso a zonas se serviço de lota. O acesso ao corredor é vedado por um portão. 

 

O pavimento exterior sob a zona projetada da cobertura (pala) será em lajeado de granito cinza, material robusto e duradouro, facilmente lavável e antiderrapante de forma a garantir a higiene e segurança durante a utilização do edifício. Também o lambril até 50cm de altura tem a função protetora em todo o edifício. O interior das instalações, quer nas paredes quer no pavimento, é em material resistente contínuo, facilmente lavável e adequado às normas de segurança alimentar exigíveis para o edifício. Os cantos e arestas são boleados e os equipamentos instalados cumprem as normas em vigor.

Arquitectura: Maria João Patronilho | Iva Viana de Lemos

Engenharia: Sopsec

Visualizações Digitais: Polis Litoral Norte | Câmara Municipal de Viana do Castelo

Fotografia: Hugo Casanova | João Dores Antunes